Resultado das eliminatórias do Festival Betting Rock


No dia 19 de novembro aconteceu a última etapa das eliminatórias do Festival Betting Rock, organizado pela Matraca Cultural.

Durante três dias, quinze bandas participantes foram analisadas por um grupo de jurados formados por cinco pessoas e o publico presente. Três bandas foram escolhidas para participar da final do festival que acontece no dia 2 de dezembro de 2011, na casa de cultura, (saiba mais...), são elas:

CARDIOFONICA
AYRA
ESCARAVELHO

O BetimRock.com parabeniza os finalistas, assim como todas as bandas participantes e o Festival Betting Rock.

Agora é aguardar a final e curtir muito rock n’ roll.

67 comentários:

  1. aproveitar o espaço aqui e deixar a minha opinião sobre o festival.

    nenhuma das bandas que tocaram na quinta passaram.
    dos criterios de votação o público era 25% do total.
    e se for olhar as bandas que tocaram na quinta foram prejudicadas, pq dia quinta a maioria das pessoas que foram na sexta ou no sabado não foram na quinta, pq dia quinta todo mundo está ocupado (estuda, trabalha na sexta de manhã...) dai esses 25% faz muita diferença.

    isso deveria ser levado em conta, pq o público não foi igual paras todas as bandas.
    não enxerga isso quem não quer.
    comentei isso com o organizador, mas pelo visto as pessoas não tem gabarito para organizar um festival a altura de betim ainda mais com recursos da lei de incentivo, que é muito bom por sinal.

    ResponderExcluir
  2. O que o Adriano falou faz sentido. Eu mesmo já havia comentado aqui no blog o quão tendencioso é o quesito "aclamação popular" em outro tópico ... Mas, enfim, independente da configuração que o evento tivesse, polêmica não iria faltar. É algo inevitável. Claro, precisamos sempre debater essas questões para a cada dia melhorar ...

    ResponderExcluir
  3. Tudo o que ouvi dos músicos e platéia a respeito do festival foi de grande aprendizado e achei válida a oportunidade às bandas de rock de nossa cidade. Discordo do juri e a forma de julgamento e de ter começado numa quinta-feira. Acho inadmissível um jurado ex-concorrente do mesmo festival. Não conheço todas as pessoas que julgaram, a exceção do Elton Basílio, gostaria, sinceramente, de saber qual o requisito para ser jurado de um evento desse porte. Porque a meu ver aclamação popular não é quesito para julgamento, caso seja relevante, bandas, levem as famílias, cachorros, papagaios e periquitos... Também acho pesado para todos os jurados julgarem todos os quesitos de todas as bandas. Sem contar as escolhas tendenciosas que podem vir a ocorrer. Mas a escolha do local e das bandas concorrentes foi muito bem feita. Aproveito para parabenizar a todos os concorrentes de sábado que foi o único dia que pude prestigiar. Em especial à Cardiofônica pela classificação mais que merecida.

    ResponderExcluir
  4. Sei que muitos vão discordar, principalmente quem concorreu e não classificou, mas o dia em que vi mais aclamação popular foi justamente na quinta-feira, na apresentação da Warrior of Fate.

    ResponderExcluir
  5. o lance é igualdade para todas as bandas se apresentarem.

    na quinta o próprio nilson chegou pra mim e disse se a Anarock poderia ser a primeira, pq o pessoal de outras 3 bandas estavam TRABALHANDO e não ia dar pra chegar a tempo do "sorteio". então cedemos para tocarmos primeiro. e tocamos em ponto às 20h. e claro evidente que não tinha muitas pessoas lá. aos poucos o pessoal foi chegando.
    Se a gente soubesse que esse quesito de público valeria tanto no final, iriámos EXIGIR o sorteio da ordem de apresentação.

    outra coisa importante que vale lembrar, no sábado tinha até strouble, sei lá como que escreve, fumaça gelo seco, e isso impressiona na hora de um show. e na quinta não teve esses recursos, mais um ponto de desigualdade.
    tivemos que emprestar cabo de mic, pq se não, não ia rolar o som do mic, pq os cabos do local estavam bichados.
    e ta na cara que dia quinta ficou muito, mas muito mais vazio que sábado!!!!! fato!

    ResponderExcluir
  6. só rindo msm..............
    segundo o adriano a banda dele salvou o festival e foi prejudicada.......
    desculpa de peidorrero é barriga inxada. será que a nota de público da anarock foi tãããããão ruim assim??????????? deve ter sido pro cara fikar nesas pilha total. Escaravelho foi a primerona a tocar na sexta num tinha quase ninguem na hora e a banda ta na final firme e forte.

    ResponderExcluir
  7. Segundo o nilson organizador do evento,sexta e sabado o quesito de aclamação popular não foram julgados igual na quinta...... então a banda escaravelho não foi prejudicada por este quesito. A banda anarock ( minha banda foi prejudicada e muito pois não havia quase ninguem na quinta as 20hs, inclusive membros de outras bandas do mesmo dia.) E a banda não salvou o festival não. O adriano citou o fato para mostrar que o lugar não estava preparado para as apresentações das bandas de quinta. Só pra citar mais um fato do dia.. o P.A do lado direito não estava funcionando corretamente igual do lado esquerdo.
    A unica coisa que estamos colocando em cheque é a mesma condição pra todas as bandas, visto que se tratata de avaliação de um festival de música e não uma gincana.
    Mas as bandas que foram escolhidas são otimas mesmo.. todas as 3.
    Entendam bem as nossas observações!
    abraço.. Dannier.

    ResponderExcluir
  8. o Basilio foi jurado. será que ele pode dizer se o quisito foi diferenciado de um dia pro outro. O som da sua banda ANAROCK tava bom. Nao vi prejuizo nao. Pra mim as bandas vendedoras tinham que ser MORTOM, WARRIOR E AYRA pra ir pra final. O show da CARNE DE SEGUNDA foi ducarai também.

    ResponderExcluir
  9. Bom, no meu julgamento não fiz nenhuma diferenciação quanto ao dia do evento. Isso não estava no edital, nem houve qualquer instrução nesse sentido.

    LEMBRANDO A TODOS QUE A LETRA TAMBÉM REPRESENTA 25% DA NOTA. Isso também fez muita diferença!

    ResponderExcluir
  10. Claro, coube ao bom senso de cada jurado perceber essas diferenças e considerá-las na nota.

    ResponderExcluir
  11. Posso falar do meu critério, que foi o seguinte: BANDA TEM QUE TER PÚBLICO. Se vai tocar, a galera tem que ir.

    ResponderExcluir
  12. O nilson me disse no sabado que na sexta ele havia conversado com os jurados antes do evento que havia relatado sobre minha observação sobre o quesito aclamação popular e que orientou os mesmos a julgar de uma maneira diferente. Mas acredito sim no basilio! Cada um dos quesitos vale 25%. Meu questinamento è sò com o numero 2, pq a minha banda ANAROCK foi prejudicada e mt neste. Não estou questionando julgamento de jurado, to questionando o quesito que pelas circunstâncias não foi igual pra todas as bandas. O questionamento è somente este.Nem a banda mais popular do mundo tem publico quintas as 20hs. Nos outros quesitos n tem como discutir a opinião dos jurados. Elas tem que ser respeitadas.. e nòs da anarock respeitamos a opinião dos julgadores!

    ResponderExcluir
  13. O Dannier, eu concordo em partes com seu argumento. Eu sempre ví com maus olhos esse quesito "aclamação popular". Inclusive fiz um post antes do festival falando mal dele. Bom, ocorre que o Festival considerou o quesito e, obviamente, os jurados avaliaram de acordo com os critérios estabelecidos.

    De qualquer forma, é interessante pensar nesse critério nos próximos festivais.

    ResponderExcluir
  14. bota a cara anônimo...

    ResponderExcluir
  15. Aqui estão os requisitos, conforme passados para a apreciação dos jurados.

    Quesitos:
    1 – Interpretação: Inclui presença de palco compatível com o estilo musical proposto, afinação das vozes e instrumentos, familiaridade com a peça apresentada e entrosamento da banda.

    2 – Aclamação Popular: Inclui participação da plateia e empatia desta com a banda.

    3 – Letra: Inclui não apenas a letra e sua proposta, mas também a interpretação da mesma (cantar exatamente o que está escrito, sem improvisos).

    4 – Arranjo: Inclui desde a riqueza da composição até a adequação do arranjo ao estilo proposto pela banda.

    Em momento algum foi citado número de pessoas, exatamente pelo fato de a equipe de organização saber das dificuldades "numéricas" nas noites de quinta-feira.

    No entanto, esses foram os dias possíveis para a realização do festival.

    Pedimos desculpas a quem ficou insatisfeito com o desenrolar do Primeiro Festival Betting Rock e prometemos melhorar MUITO no ano que vem. E pedimos as sugestões desde já, pois o novo edital já começará a ser elaborado após a final no dia 2 de dezembro.

    As ponderações do Sr. Dannier Copertine, conforme o próprio já passou ao organizador e dono do Festival, serão feitas através de recurso oficial, por escrito. Garantimos que serão avaliadas com toda a justiça e que a resposta será de acordo com os princípios que regem (ou deveriam reger) qualquer processo democrático.

    Aproveito para relembrar a quem quer moldar o Festival Betting Rock aos seus critérios que, apesar de estar sendo realizado com recursos da Lei de Incentivo à Cultura Noemi Gontijo (dinheiro público), isso não quer dizer que tenhamos que seguir o que cada um achar que é melhor. O projeto foi aprovado do jeito que é e participa quem quiser.
    Imagine só se, por exemplo, a Anarock está lá no estúdio gravando o seu disco com recurso da Lei de Incentivo e eu achar que posso ir lá e meter o bedelho e falar que a guitarra tem que ter esse ou aquele timbre e a voz tem que estar dessa ou daquela maneira? Seria ridículo, né? Imagine só eu chegar lá e falar que acho que tem que ser um disco de Axé porque é o meu dinheiro que está sendo usado ali e eu gosto desse estilo? Muito ridículo, não acham? O projeto deles passou para ser rock n' roll e a guitarra terá o timbre que eles quiserem. Não é porque é dinheiro público que alguém tem o direito de querer moldar. Isso é mentalidade pequena, de quem quer ser o dono da razão, mas não raciocina.
    - Organização do Betting Rock

    ResponderExcluir
  16. Enfim, o Betting Rock foi criado para ser um festival idôneo, onde as bandas favorecidas não sejam aquelas que fazem parte de determinado grupinho ou "panela". Alguém aí questionou os critérios para ser jurado. Vou falar um que pesou demais na escolha: Olhamos muito se os jurados não faziam parte de algum grupinho ou de alguma panela. Escolhemos e convidamos pessoas que acreditamos serem idôneas. É claro que sempre para quem não é selecionado, fica aquela dúvida, enfim. Isso é humano. É normal. Somos seres competitivos desde que éramos espermatozóides correndo atrás de UM ÚNICO óvulo. Outra coisa: Cada mínimo centavo do projeto Betting Rock está sendo gasto para que as bandas tenham um mínimo de dignidade para tocar. Pedimos desculpas se não ficou a contento. Sabemos que algumas coisas foram falhas, mas tentamos melhorar dia após dia. Sei que isso deixou algumas bandas com a sensação de que foram prejudicadas, mas não foi essa a intenção.
    A Anarock é uma banda fantástica. Adorei ver a presença de palco e o talento da vocalista Ana Paula e de todos os outros. O próprio Dannier é um grande músico. Assim como eles, todas as bandas são ótimas. É um prazer e uma honra trabalhar com tanta gente boa de serviço.
    O Betting Rock, por intermédio de pessoas que querem ajudar a cena autoral betinense, conseguiu meios e vai lançar uma coletânea em CD e DVD (não prevista no projeto da lei de incentivo) com as 15 bandas participantes das eliminatórias e vai distribuir, sem nenhum ônus para nenhuma banda, esse material para gravadoras, produtores, olheiros, revistas, rádios, etc, para mostrar que Betim tem bala na agulha. O que o produtor do Festival ganha com isso? Nada material, já que nem é músico, mas apenas um apreciador da boa música e do bom Rock n' Roll.
    Gente, acho super legítimas as ponderações do Dannier e outras que nos chegam por e-mail e telefone. Todas serão analisadas com frieza, justiça e raciocínio e o que puder e dever ser feito, será.
    Está sendo o primeiro. Ajudem, pois é feito para vocês.
    Muita gente usa lei de incentivo para tirar uma graninha para o próprio bolso. Tornamos públicos cada centavo deste projeto. Faremos a prestação de contas aberta para vocês e peço, desde já, o espaço no Betim Rock para fazê-lo. Aqui não tem nenhum explorador da arte, não. Tenham certeza disso.
    Outra coisa: Peço ao querido Elton Basílio que diga se em algum momento a organização deste festival o procurou, enquanto jurado, pedindo "favores" para ser mais "atencioso" com esta ou aquela banda. E pedimos aos demais jurados, que lêem o Betim Rock, para manifestarem-se a respeito.
    O processo limpo é nosso maior desejo, pois cansamos de ver bandas de Betim, ótimas por sinal, reclamando que todo festival que aparece tem essa ou aquela carta marcada. Quisemos mudar isso, pelo menos em Betim.
    Acho que estamos conseguindo. E sabemos que assim vamos acabar desagradando alguns para agradar a maioria.
    Tem gente que pensa que "respeitar um trabalho" é favorecê-lo em detrimento de outro. Isso pra nós se chama "fraude", o que é abominável aos nossos olhos.
    Fiquem em paz!
    Organização do Betting Rock

    ResponderExcluir
  17. O ampli que prestava era emprestado a bateria era ruim pakaraio e outros cubos eram lixo. Eu quero saber aonde colocaram tanto dinheiro. 1000 reais de premiacao pqp tão de sacanagem n tem ninguem bobo aqui mais nao

    ResponderExcluir
  18. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  19. Sempre anônimos...
    O próprio anonimato já denota falta de caráter e, no mínimo, vergonha de ser quem é.
    O espaço do Tiatru Dell'Art foi alugado com som, e não tinha os respectivos cubos, o que fez com que os mesmos fossem alugados com recursos alheios ao projeto. O que a Dell'Arte não teve em amplificadores, compensou com um show de luz, melhorado dia após dia.
    Não houve nenhum amplificador emprestado, caro anônimo. Se você está reclamando, é porque subiu no palco. Se subiu no palco, participou. Se participou, faça sua queixa por escrito e assine que teremos o maior carinho em atendê-lo.
    O anonimato é uma ferramenta de gente covarde, com problemas mentais ou desvios de caráter. Se você, assim como eu, não tem conta em Gmail ou Livejournal e precisa usar o anônimo para postar, pelo menos assine. Seja GENTE.
    No fim, já pedi ao Betim Rock o espaço para prestar contas.
    Quem, assim como o próprio Dannier, não gostou do equipamento disponível, teve a liberdade de montar o próprio equipamento.
    No fim, se tudo estava um lixo, ninguém era obrigado a tocar.
    Realmente, não tem ninguém bobo. Todo mundo saca rapidinho quando a dor-de-cotovelo e falta de capacidade de lidar com a derrota afloram no espírito humano. Escreve até coisa sem sentido.
    - Organização Betting Rock

    ResponderExcluir
  20. mais foda é que o anonimo tira o login pra postar mais nao muda o jeito de escrever.

    ResponderExcluir
  21. tenho certeza que as críticas, elogios e descontentamentos serão bem vindos pela organização do festival, para que na próxima edição seja melhorado alguns pontos da melhor maneira possível.
    mas a galera tem que ter MORAL de falar quem é, pq anônimo não é ninguém, portanto a opinião sua anônimo não tem peso nenhum.

    ResponderExcluir
  22. A pessoa que opta pelo anonimato, regra geral, já é um NINGUÉM na vida!
    O anônimo de internet é o covarde maior de nossos tempos.
    Como disse a Jamie no outro post:
    Anônimo, você é um BOSTA!
    Christian

    ResponderExcluir
  23. A organizaçao do betting rock!
    Quero que entenda que nosso questionamento é só com o quesito 2, e não estou botando dedo em projeto de ninguem. A iniciativa é ótima, e com certeza fico feliz por vir fazer este festival aqui em betim. Só que queriamos ter tido a mesma chance das outras bandas de ter um horário em que o publico pudesse ir, já que para ter participação da platéia ter que haver pláteia, e no horário em tocamos não havia pláteia. Em fim... o festival não é um show ou uma gincana pra agradar um ou outro e sim pra selecionar o melhor nos quesitos em que compete a banda. Grato pela satisfação dada pelo quesito 2 (o questionado pela anarock) aqui neste site. E fico no aguardo.

    ResponderExcluir
  24. Caro Dannier, não foi você quem falou que o Festival deve ser assim ou assado. Foi um anônimo, se não me engano.
    Usei a sua banda como exemplo, mas por carinho e respeito com a mesma. Desculpe por isso, mas foi com todo o respeito, para ilustrar como funcionam projetos de lei de incentivo. Eles são iniciativas particulares realizadas com recursos públicos. Só quis deixar isso claro, pois tem gente que acha que pode crescer pra cima dos outros e impor opiniões por achar que o que é feito com lei de incentivo é de domínio público, e o buraco é bem mais embaixo.
    Recebi seu recurso por e-mail e lhe enviei uma sugestão para facilitar a avaliação do mesmo. Veja lá!
    Abraço,

    Comissão Organizadora do Betting Rock

    ResponderExcluir
  25. Me fale de um anônimo que vale a pena e mudo de nome na hora.
    Anonimo é tudo bostão.

    ResponderExcluir
  26. Em resposta aos organizadores do Betting Rock, o blog BetimRock.com, abre espaço para a organização divulgar a prestação de contas do festival.

    Aguardamos um retorno direto por e-mail.

    betimrock@gmail.com

    ResponderExcluir
  27. Eu fui na quinta e no sábado. Não pude ver a sexta. Mas por esses dois dias concordo com o Reinaldo. O show de maior aclamação popular foi o show do Warrior of Fate. Mas de qualquer forma foi um ótimo festival. A tendência é melhorar com o passar dos anos.

    ResponderExcluir
  28. Como disse o Basa: ESSE FESTIVAL VAI DAR O QUE FALAR... E bem, tiveram pontos falhos e acredito que isso será melhorado na proxima edição! Também acho que as 3 bandas que passaram não foi por acaso! Indenpendente do resultado, a ANAROCK é uma puta banda e tem otimos musicos, assim como Carne de Segunda, Ordem Mor, Nostreis e Warriors Of Fate. O que nao pode é ter pessoas que integram as bandas participando da seleçao difamando o trabalho de outras bandas. Vi isso acontecer e fiquei muito triste de ver que tem esse pensamento ainda em Betim. Musica nao é futebol, nao tem concorrencia, so amizade e temos muito o que aprender uns com os outros. Mesmo eu nao tendo banda aqui na cidade, sou musico e conheço varias bandas daqui, sou amigo de quase todas e torço por elas onde estiver! Tenho PENA de quem não pensa dessa forma!

    ResponderExcluir
  29. Carol

    eu estava na quinta fui para ver duas bandas que me falaram que valia a pena, 1° anarokc, 2° Jennifer Crazy, gostei muito das outras mas eu estava ali para prestar a atenção nessas bandas, minha opinião: letra foi muito boa da Ana rock, mas apresentação ficou com a Jennifer c.são duas bandas que tem um contato espetacular com seu público dois vocalista bom ( Ana, Jennifer) dá até para sentir a emoção que elas tem em cima do palco pricilpamente de afinação,eu estive no show do judas prt/ em são paulo e BH fiquei de boca aberta com a banda e com aqueles agudos do robt/ e pensei talvez não verei algu/fazendo isso novamente mas o vocal da Jennifer fez um agudo de resucita as grandes lendas do rock parab/ cara.já o ana rock gostei muito dos arranjos do baixo ficou bem escalado. Foram duas bandas ótimas, e as bandas que eu não pude ver me desculpe, esse é meu cometário sobre as bandas que tocaram no festival.obrigado a todos e parabens por esse festival.Carol...

    ResponderExcluir
  30. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  31. Polêmicas a parte: Esperamos pelo próximo festival, tendo em vista que foi muito bom e que por ser a primeira edição apresentou, sim, alguns desacertos.Considero absolutamente normal. Uma dica à comissão organizadora: que o próximo seja num sábado e que vare noite adentro. Assim, ninguém usará a desculpa da aclamação popular... Outra coisa: posts de anônimos não devem ser levados em consideração. Quem escreve tem que ter pelo menos a hombridade de assinar, mesmo a internet sendo uma terra de ninguém. Vamos ter peito minha gente!!!! Associo isso à pessoas que não tiveram oportunidade e/ou competência de participarem do Betting Rock. E para finalizar, vejamos as coisas pelo bom senso, como disse o Rodrigo Portoga "O que não pode é ter pessoas que integram as bandas participando da seleçao difamando o trabalho de outras bandas." Profissionalismo é assim: ou você tem, ou você é anônimo.

    ResponderExcluir
  32. Na real mesmo, querem saber qual foi o maior ponto positivo desse festival? NÃO FOI UM JOGO DE CARTAS MARCADAS.

    ResponderExcluir
  33. Eu não compareci em nenhum dia do festival, então aqui vai uma opinião bem geral sobre festivais.
    Não é de hoje que Betim vem fazendo "campeonatos musicais", é interessante, sim, gera repercussão com o publico, sim, mas tem uma coisa muito mais importante que uma competição que seria a propagação da cultura. Parece meio utopia dizer que todos devem ter o mesmo espaço e blá blá pois existem umas bandas mais "preparadas tecnicamente" do que as outras para subir em um palco mas em síntese um festival deveria receber todas inscrições e sem uma "competição" avaliar quais bandas melhor se encaixam na proposta do festival. E se sua banda não foi escolhida, pergunte o por que veja se não é uma falha técnica ou simplesmente sua banda não se encaixa no perfil dos festivais no qual vocês estão se inscrevendo. Acredito que sem essa "competica" esses formatos de eliminatória os proximos festivais de Betim ganhariam uma proporção muito mais pois o todo estaria ajudando um só proposito que seria a propagação da nossa cultura e não um banda ganhando uma vaga no show principal, um violão, uma gravação ou um cheque. Pensamento no coletivo que depois que a cena se abre fica mais fácil desenvolver nossa cultura em nossa propia cidade.

    ResponderExcluir
  34. O problema de qualquer festival em Betim é que todo mundo que perde quer achar um culpado externo e nunca fazem uma autocrítica, buscando um culpado interno, que poderia ser falta de preparação, falta de qualidade do material proposto, imaturidade musical e técnica e por aí vai. Ao invés disso em Betim os que perdem já começam a atacar os que ganham e a organização do festival, falando que tem panela, carta marcada, favoritismo e etc. As bandas de rock de Betim simplesmente não tem maturidade em sua maioria. É um bando de bebê chorão que quer porque quer derrubar tudo e todos e nunca aceitam que alguém cresça, porque só pensam no próprio nariz.
    Enquanto as bandas de rock de Betim tratarem a cena como um campeonato de futebol, sempre vai ser essa merda e todo mundo que vier com a proposta de um festival, por mais bacana que seja, sempre vai ser rechaçado como desonesto, formador de panelas e tal.
    Esse festival é uma prova disso. Foi muito bem elaborado, teve suas falhas como qualquer outro teria e agora ficam aí uns mimados egocêntricos falando mal do festival e das bandas.
    Essas pessoas tinham que procurar um terapeuta ou serviço. Betim tem tudo pra crescer em cena rock n' roll mas vai ficar agarrada enquanto ficar apegado a falar mal do outro, falar mal da Funarbe, falar mal do organizador e nunca dirigir o olhar crítico pra dentro do próprio trabalho e descobrir onde estão as verdadeiras falhas.
    E por falar em Funarbe, enquanto os músicos ficarem presos a esta fundação também estarão lascados. Deveriam procurar construir suas carreiras como fazem os músicos de BH, Contagem, São Paulo, etc e etc, sem nenhum apego a poder público. Se tiver apoio, bem. Se não tiver, amém. A Funarbe precisa mais dos artistas do que os artistas precisam dela. Isso é, se o artista souber administrar e tratar a própria carreira.
    É isso aí.
    Ramon Lyrae

    ResponderExcluir
  35. Gaby (fã incondicional da Ayra e da Ossos do Banquete, alvos da inveja de uma galera aqui)23 de novembro de 2011 12:48

    Fazia tempo que eu nao via um comentario tao bacana e honesto Ramon.
    Betim tem, além dos bebes choroes, uma meia duzia de agentes politicos disfarçados de artista que acabam usando os bebes choroes como massa de manobra para atacar qualquer um que se destaque.
    Sao aqueles empata-fodas que ficam esperando a manga cair já podre para eles chuparem, pois são incapazes de subir no pé pra panhar, mas que jogam pedra em quem tenta subir.
    O mediocre não suporta ver o outro crescer. Nunca. Ele se agarra a qualquer mentira, a qualquer coisa para desviar o olhar maldoso que tem de si mesmo. Enquanto ele concentra em atacar o outro, ele na verdade está se distraindo de seus proprios erros.
    É como a história da cobra e do vagalume.

    ResponderExcluir
  36. Em homenagem as finalistas, AYRA, ESCARAVELHO, CARDIOFÔNICA, e as bandas que vão tocar na final, SUB ROSA, OSSOS DO BANQUETE e pros ORGANIZADORES DO FESTIVAL, aos JURADOS e todo mundo que trabalhou. Homenagem também para as cobras que vemos todos os dias aqui e ali.

    "Era uma vez uma cobra que começou a perseguir um vaga-lume que só vivia para brilhar. Ele fugia rapidamente, com medo da feroz predadora, e a cobra nem pensava em desistir.
    Fugiu um dia e ela não desistia, dois dias e nada… No terceiro dia, já sem forças, o vaga-lume parou e disse à cobra:
    – Posso fazer-lhe três perguntas?
    – Não costumo abrir esse precedente para ninguém, mas já que vou comer você mesmo, pode perguntar…
    – Pertenço a sua cadeia alimentar?
    – Não.
    – Te fiz alguma coisa?
    – Não.
    – Então, por que você quer me comer?
    – PORQUE NÃO SUPORTO VER VOCÊ BRILHAR..."

    Parábola extraída do livro As Mais Belas Parábolas de Todos os Tempos,
    Vol. I, Alexandre Rangel.

    ResponderExcluir
  37. A cultura de Betim vai mudar com gente onesta como Dannier na funarbe e Calaile Pedroza na prefeitura.

    ResponderExcluir
  38. Vai mudar?

    kkkkkkkkkk

    Pra PIOR, você quer dizer?

    Dannier é um PORCO Capitalista, fechou o único Pub da cidade pra montar mais uma Gump apenas pra Lucrar mais.

    Carlaile Pedrosa, pqp... Dispensa comentários...

    Betinenses são todos Porcos Mamadores.

    Mamadores montam um projeto de lei com recurso público pra criar um LIXO de Festival com péssima estrutura apenas para LUCRAR.

    Babacas que se dizem "artistas" se inscrevem no festival de olho na esmola que eles chamam de "Prêmio", fazem um LIXO de apresentação e reclamam da infra-estrutura.

    Betim é o retrato perfeito da visão de Roger Waters no clássico álbum 'Animals', do Pink FLoyd:

    Pigs: Figuras como Dannier Copertine e Gustavo Buzelin, que usam a arte para se autopromoverem e atingirem cargos poderosos.

    Dogs: Idiotas como Nilson, que montam uma palhaçada desta visando lucro, para adquirir reconhecimento e se tornar um "Pig".

    Sheeps: As bandas que dependem destas humilhações para divulgar seu trabalho, e acabam presas neste cenário musical dominado por Cães e Porcos, e nunca conseguem ter reconhecimento verdadeiro.

    ResponderExcluir
  39. Certos ou errado os anônimos perdem credibilidade quando não mostram a cara. Se você acredita e luta por algo mostre sua cara, se não se acomode com o que a vida te propõem.

    ResponderExcluir
  40. Embora eu concorde com 70% do que o anônimo da Revolução dos Bichos falou, acho que ele perde muito por não mostrar a verdadeira identidade.

    ResponderExcluir
  41. Só sei que as bandas tem muito a ganhar se pararem de atacar umas as outras. A gente que acompanha o trabalho fica de saco cheio. Gosto de muitas bandas envolvidas no festival. Curto demais a Carne de Segunda, amo a Mortom, viajo com o progressivo da Sub Rosa, bato cabeça pra Anarock, fui a quase todos os shows da Cardiofônica, vejo o vídeo deles todo dia, tenho a demo da Ayra e curto de montão. Mas aí tem uns que começam a falar mal do outro a toa. Uma invejinha besta, sem sentido. Li umas coisas no face ontem que me deu raiva de uma certa banda pelas opiniões ridículas que seu guitarrista fica postando. Culto da inveja e da discórdia não cabe na minha radiola. Gosto da banda mas não conseguirei ir em show deles por um bom tempo, já que o disco eles não soltam há anos.
    E assim vamos seguindo.
    Desvinculem a arte da política enquanto é tempo.

    ResponderExcluir
  42. E parabéns Nilson, pelo festival. Deixa a galera da inveja se foder pra lá e toque o barco. O rock de Betim agradece.

    ResponderExcluir
  43. Concordo com o anônimo dos bichos. O Dannier é um porco, doente por dinheiro, que visa poder aliando-se ao Carlaile Pedrosa, atacando a prefeitura e tudo o mais. Aguardem. E agora vem um puxa saco dele fazer campanha política no Betim Rock? Dannier na Funarbe e Carlaile na prefeitura? Acho que tinha que ser proibido campanha política aqui.
    E digo que nem Carlaile, nem MDC e muito menos pseudo-artista que está usando o festival e o site pra fazer campanha prestam. Tudo lixo.
    Tenho nojo.

    ResponderExcluir
  44. Boa tarde senhores! Realmente o festival deixou muito a desejar. A classificação seria de 15 bandas e de repente classificam mais uma (porque? não me perguntem.). Entendam, o problema não é as bandas, o problema foi o festival cheio de falhas e furos no edital e pior ainda, não admitirem que erraram (porque não admitem? não me perguntem.). Realmente os músicos de Betim devem se unir e não atacar uns aos outros, mas essa união é pouco provável, pois nunca se ajudam, pelo contrário é uma selva, é um querendo devorar o outro, se houvesse união entre os músicos isso não aconteceria. A nossa experiência de anos no cenário demonstra um cenário rico, mas difícil de mudar. Não estou falando do trabalho das bandas, entendam! Estou falando das bandas se unirem. Tem tantos musicos e trabalhos ótimos nesta cidade, mas infelizmente, falta união. Exitem bandas ruins nesta cidade? Não sei. Porque a banda ruim pra mim pode ser boa para você, num é verdade? Então todos os músicos estão de parabéns!!! Galera, respeito o trabalho de todos, não gosto do estilo de algumas, mas respeito o trabalho e isso tem q ser respeitado. Gostar do estilo é como bunda, cada um tem a sua certo? Thiago, obrigado por citar a Mortom i lhe digo, é por isso que estamos tocando, porque tem sempre quem curte, admira e respeita o trabalho dagente e falo isso pela Mortom e por tantas outras bandas que já tive e terei. Musica é nossa vida, é a energia que nos faz viver, não são festivais, premiações, etc... São os fãs que nos dão força !!!
    E estou aqui agora principalmente pra isso
    Agradecer aos fãs que tem nos acompanhado e nos dado força pra continuar a produzir nosso trabalho com originalidade e dedicação.
    VALEU GALERA!!!!!!!!!!
    FLávio - Mortom

    ResponderExcluir
  45. O Thiago disse tudo:
    Desvinculem a arte da política enquanto é tempo.[2]

    E deixa chorar que rock nao é coisa pra chorao e baba-ovo.

    ResponderExcluir
  46. Queria entender qual a dificuldade das pessoas em entenderem que a banda do outro não precisa ter defeito para a dele ter qualidade.
    O povo que gosta de falar mal dos outros.
    O vergonha na cara que tá faltando.
    Um festival de rock do caramba, limpo e quem não passa quer falar mal. Se tivesse passado tava tudo caladinho e agradecendo a galera e os organizadores.
    No caso da Mortom, pelo que sei, foi a maior beneficiada pela saída da 1517, que permitiu a subida da Ayra, pois estava enchendo o saco pra tocar no sábado e falando mal do festival por ter sido sorteada para a sexta.
    Agora vem reclamar porque a Ayra veio com tudo e arrebentou com um metal muito bem feito e classificou. Com isso eles já falam que o festival tá errado.
    No entanto a outra banda do Flávio nem sequer compareceu no dia de tocar, desrespeitando o evento e outra banda que deixou de ser classificada para eles tocarem.
    Isso é desrespeito na minha opinião. Quer falar de união, Flávio? Fale que você está fazendo uma perseguição implacavel para tirar a Ayra do festival por puro recalque. Se vocês passassem o tempo que passam perseguindo os outros ensaiando e treinando, talvez tocassem melhor e ganhassem mais pontos. Nunca vi ninguém da Ayra falar mal de ninguém. Deve ser porque eles passam o tempo livre tocando e treinando. Por isso são tão bons.

    ResponderExcluir
  47. Se é pra classificar em um festival , classifica com mais cuidado, progressivo com progressivo , pop rock com pop rock e afins. Não adianta comparar uma musica de uma banda de Trash metal com uma de folk, indie ou pop ...
    Minha opinião pessoal como já disse no post anterior, é fazer festivais promovendo o todo, todas as bandas e artistas envolvidos sem um formato de competição dentro do festival. Betim é uma das cidades mais ricas da região metropolitana e a maioria dos shows tem sempre vinculação com a prefeitura, isso é bom, sinal que ela tá presente no fomento cultural, mas falta união e projetos particulares. Eu sou fotografa, em BH Contagem fotógrafos reúnem para expor juntos em bares e galerias alternativas ... União para propagação do nosso nicho que é o cultural essa é saída. Pelo menos o que eu acredito que seja, por que tentar crescer sozinho vai ter que sair da nossa terrinha.
    Disse também que não fui em nenhum dia deste festival então tudo o que eu disse não me refiro a ele pois não posso analisa-lo.

    ResponderExcluir
  48. E a coisa mais inteligente dita aqui é pra separar arte da política.
    Principalmente porque tem cara de banda agindo como político pra ferrar com os outros e se autopromover.

    ResponderExcluir
  49. Betim desvincular Arte de Política?

    kkkkkkkkkkkk

    Isso chega a soar sarcástico, de tão engraçado.

    Betim não tem condições culturais para desvincular a Arte da Política.

    Há sim bons artistas na cidade. Muito, muito poucos. Menos do que dizem que há.
    Mas há.

    O problema é que estes artistas dependem da caridade de pessoas que não tem olhos para enxergar nada além da Política.

    Quem não sabe de nada do que rola atrás dos panos, pensa que isto é apenas uma revolta sem fundamentos.

    Mas o que move a Arte em Betim, é a Política.
    Você pode tentar separá-los, e fazer a sua arte, mas se você não compactuar com a Política e não se misturar ao chiqueiro, você está excluído, e nunca terá direito à divulgação e reconhecimento nesta cidade.

    Mas a partir do momento em que você compactua com eles, você pode adquirir um reconhecimento, e ser classificado em festivais como este, mas é o máximo que você chegará.

    A política de Betim prende os artistas da cidade em sua própria ambição de realização.
    Assim, eles se acostumam à zona de conforto e nunca conseguem reconhecimento Real fora da cidade.

    Vejam a produção que tem a Ana Rock. A produção do Sub Rosa, do Ozome.
    Artistas de outros lugares, conseguiram reconhecimento Nacional com muito menos do que eles tem.

    Mas eles nunca conseguem. Com muito esforço, fazem shows em outros estados, mini-turnês em outros países, mas acabam sugados pelo sistema betinense e sempre voltam sem nenhum reconhecimento.

    ResponderExcluir
  50. Carla Carneiro..... Eu gosto de dinheiro sim pois preciso dele pra viver e pagar minhas contas, por isso trabalho e não preciso de dinheiro nem seu nem da prefeitura pra me sustentar nem sustentar meus afazeres. Agente vota em quem quiser. Meu voto é o carlaile sim pq acho que ele é melhor administrador que a Maria do carmo. E não preciso de promoção de politica nem de puxar saco de ninguem. Agente esta vendo ai quem precisa disso pra conseguir grana e outras coisas mais.......

    ResponderExcluir
  51. E qual é de vcs que tão falando de min e da minha banda? Agente toca o que quer e quando quiser. Não fazemos publicidade falsa nem queremos ser famosos e nunca fizemos turne em lugar algum, não é nosso objetivo. Tocamos pq gostamos e quando dá... Não somos musicos profissionais e nem vivemos disso, queremos mostrar nossa musica pra quem quer ouvir. E vamos entrar em todos os festivais que quisermos. Vocês estão confundindo as coisas.

    ResponderExcluir
  52. Agora quem tiver algo pra falar da minha pessoa, sabe onde fico o dia todo, é só vir aqui e falar comigo na cara. Eu não tenho rabo preso com ninguem não, e não faço politicagem pra agradar a maioria.

    ResponderExcluir
  53. A primeira coisa que vcs tem que entender é saber respeitar as pessoas mesmo tendo opiniões difentes. As coisas não vão pra frente aqui pq todos ignoram a politica ignoram os politicos e ficam irritados quando a opinião é contraria.. e são covardes e anonimos. Dai os politico fazem o que querem com recursos que eram pra ser usados com a cultura de maira que funciona. Com o alameda fiz mt mais do que os que deveriam promover cultura na cidade. E lembrando que não quero ser politico ou empregado do governo. Quando eu quero algo eu pego e faço. Eu acho que td o que ta acontecendo vai mudar, pq paralelo a este debate estão acontecendo conversas que realmente é pro crescimento da cultura em Betim

    ResponderExcluir
  54. Bom sr anônimo, você não sabe o que diz, preste atenção no que escrevo, e escrevo com meu nome, porque vc parece ter medo de colocar o seu nome. Estou em defesa de um festival justo para Betim. A Ayra meu amigo, é uma banda que eu indiquei para shows como por exemplo do Clube do Rock e o aniversário do motoclube Crazy jocker, então entenda nossa perseguição não é a AYRA, é a mau organização do festival. E se vc é de Betim, sabe que este festival é voltado para Betim e deveria ficar do lado dos musicos de nossa cidade. Outro lance é que o edital não diz que nenhuma banda subiria de posição se outra faltasse, até agora não entendi como a AYRA se classificou. A Sobreviventes não tocou e isso não é problema seu, foi uma banda que teve problemas internos e não pôde comparecer ao evento, só isso. Se a organização tivesse deixado explícito que se uma banda não tocasse outra subiria de colocação (o que não é real, pois o edital não prevê essa colocação de 16º, 17º etc..) a Sobreviventes teria comunicado com ant3ecedência que não iria. E você que está falando de mim realmente não me conhece, porque não fiquei "enchendo o saco" pra isso ou aquilo, estava cumprindo o edital e se vc está dizendo que fiquei enchendo o saco, você faz parte da organização? Porque seguindo o edital eu recebi o e-mail para ligar e combinar o dia de tocar e a organização mais uma vez não o fez.
    Flávio Amaral - Mortom

    ResponderExcluir
  55. Realmente, o que mais assusta é a falta de respeito e como diz o Dannier, eu assino em baixo
    "A primeira coisa que vcs tem que entender é saber respeitar as pessoas mesmo tendo opiniões difentes. As coisas não vão pra frente aqui pq todos ignoram a politica ignoram os politicos e ficam irritados quando a opinião é contraria.. e são covardes e ANONIMOS."
    PRIMEIRO: RESPEITEM OS MUSICOS DE BETIM
    SEGUNDO: CORRER ATRÁS DOS NOSSO DIREITOS NÃO É PERSEGUIR NINGUÉM.
    TERCEIRO:FESTIVAL É PRA CONCORRER - SE PERDE E SE GANHA.
    MAIS UMA VEZ, TEMOS MUITOS FÃS PRA PREOCUPAR COM CONVERSA FIADA DE UM ANÔNIMO BABACA.
    BANDAS DE BETIM ESTÃO DE PARABÉNS, UMA MELHOR QUE A OUTRA E SE SUPERANDO A CADA DIA, POSSO NÃO GOSTAR DO ESTILO DE TODAS, MAS RESPEITO PRINCIPALMENTE BANDA QUE TEM MUSICAS PROPRIAS: CARNE DE SEGUNDA, CARDIOFONICA, SOBREVIVENTES, MORTOM, WARRIOR FATE, ANA ROCK, ETC...
    FLÁVIO - MORTOM

    ResponderExcluir
  56. O Pau tá quebrando nos bastidores de Betim, os pseudo-políticos usando $$$ pra levar Bandinha que canta em inglês pra cantar nos EUA?
    E pseudo-artistas que se dizem apolíticos varrendo a poeira de nossa atual gestão para debaixo do tapete.

    Tá bom que os artistas de Betim são apolíticos.
    Quanto estão pagando para ser apolítico assim?
    Também quero!!! Bah quero nada!!!

    Quero é um movimento cultural atuante diferente do movimento de hoje que é totalmente corrompido.

    Onde está a decência e a mobilização artística? Onde está a indignação coletiva com esse tipo de coisa que anda acontecendo?

    Espero que um dia, as poucas pessoas decentes e não corrompidas de nossa classe artística, tomem coragem e se mobilizem para se opor à essa pouca vergonha que anda acontecendo em Betim!!!

    Um grande abraço aos poucos artistas decentes da cidade. E uma grande repúdio aos pseudo apolíticos que tem coragem de dizer que não estão corrompidos.

    Até as próximas discussões.

    ResponderExcluir
  57. Não sei quem fez, mas está de parabéns!!!

    http://www.youtube.com/watch?v=XN1ceG7vVwY

    ResponderExcluir
  58. Galera, na boa, vamo curtir o rock n´roll! Agora eu entendi pq a premiação é a bagatela de R$1000,00. Se fosse mais essa porra daria morte ...

    ResponderExcluir
  59. Como que foi definido quem iria tocar nessa final? Digo, não sei se digo, digo sim.

    Algumas muitas bandas que estão concorrendo no festival são infinitamente melhores do que alguma das bandas que vão tocar na final?

    Por ser final, estou supondo que, quem vai tocar como uma das atrações principais do encerramento, vai ganhar um bom cachê.

    Não é meio paia o pessoal que vai tocar na final ganhar um cachê melhor que o prêmio do festival, sendo que alguma dessas bandas é muito pior que o pessoal está concorrendo no festival?

    E se não for ganhar cachê, não seria melhor tocar os vencedores do festival e não essas 2 bandas da funarbe.

    Fica a Dica!

    ResponderExcluir
  60. Anônimos... sempre anônimos com suas "corajosas" posições de revolta e ataques pessoais.
    Parabéns a quem mostra a cara e o nome quando diz o que pensa, não importa de que "lado" esteja.
    Uma grande vaia a quem se vale do anonimato. É como o trouxa que enche a cara quando está com algo engasgado e fala. Depois pede desculpa e diz que falou aquilo porque estava bêbado.
    E uma vaia tripla para quem posta mostrando a cara, faz logoff e posta como anônimo aquilo que gostaria de dizer mostrando a cara mas não tem coragem.
    Os cães vão ladrando e quem realmente faz um trabalho decente vai seguindo a caravana.

    Laura Andressa Vaz
    MG-11.499.253

    ResponderExcluir
  61. Como choram OS PERDEDORES!!!!!!!!!!!!!!!
    Nao vi ninguem da Escaravelho nem da Ayra nem da Cardiofonica chorando aqui.

    ResponderExcluir
  62. Inveja é mato aqui hein?
    Um chamando o outro disso e daquilo enquanto ele próprio é o tal, que faz e acontece.
    Sei de um aí que tem um projeto na lei de incentivo a anos e anos e nao realiza. E da uma de certinho e fodao da pica grossa. Patetico.
    Está o verdadeiro sentar em cima do rabo.

    ResponderExcluir
  63. Resumo da maioria das falas aqui:
    "Fulano é errado, ruim, blablabla. Eu sou bom, justo, honesto e injustiçado."
    Que preguiça....................

    ResponderExcluir
  64. Como já foi atestado e sentido na carne por muitos de nossos colegas, falar o que pensa e dar o nome, faz com que seu projeto nunca seja aprovado, sua banda nunca seja contratada e fora a extrema perseguição política que não temos necessidade de nomear.

    Enfim, então, me valho de meu anonimato para dizer o que penso. Afinal de contas não é só eu que vou me prejudicar, como mencionei acima, ao sair do anonimato.

    Um abraço a todos!!!

    ResponderExcluir
  65. MAIS RESPEITO, MENOS ACUSAÇÕES E MAIS UNIÃO!!!


    O Flávio (Mortom), vou me dirigir a você que está focado no assunto do festival.
    Eu li o edital, e realmente não cita essas coisas. Porém li no final do edital:

    DOS CASOS OMISSOS:
    Casos omissos serão resolvidos pela comissão organizadora.

    O que dá o direito a comissão resolver qualquer fato que tenha sido negligenciado pela a mesma.
    E todas as bandas participantes que leram ou não o edital estavam de acordo.

    Mas lógico, cada banda sabe o que passou no festival, e tem todo direito de criticar, elogiar, sugerir... Só espero que seja sempre para o bem do Rock na cidade!

    E antes que alguém diga que eu estou defendendo o festival, estou contra a Mortom. Já digo que não tem nada haver, estou apenas frisando um ponto importante no texto do edital.

    Até porque o próprio Flavio me conhece e sabe que sou um cara que acompanho o trabalho dele desde de sobrevivente, madame min e agora Mortom!!!

    No fim acho que o festival foi muito bom, espero que os 'erros' (assumidos ou não assumidos) sejam corridos e que venham muitos outros projetos e festivais de rock para nossa cidade!

    ResponderExcluir
  66. Eu acho que o cara que chamou o Dannier de capitalista... não deve ser musico... porque quem e musico sabe que o cara paga 30 conto para ver Lurex em BH em um bar de menor estrutura, e se o Alameda cobra 10 conto o dono e capitalista, a maioria das pessoas de Betim reclama que não tem nada aqui, mais quando tem nao vai... e acha ruim que acaba... assume o prejuizo do bar... que aposto que Dannier reabre ele...
    E Tem Outra se vc tem uma banda de Trabalho serio e precisa de ajuda, o Dannier sempre ajuda... tem musico em Betim que unido sim... conheço os caras do cardiofonica e do carne de segundo.... O Paulo vocalista do cardiofonica me disse que na gravação do video clip todos amplis que aparecem foram emprestados pela carne de segunda, e Dannier emprestou o som para eles ouvirem o audio durante as gravações.
    Fui nos três dias so festival, e para mim HUHU nao e aclamo popular eu vi a galera do metal cantar a musica do cardiofonica. e para mim eles mereceram sim a melhor nota.

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger | Personalização por Betim Rock