Black Tide

Falaê galera do rock! Senti vontade de falar um pouco sobre algumas bandas da nova geração, pois muita gente acredita que o rock feito pelos jovens na atualidade não passa de uma bela porcaria. E para esssas pessoas - ignorantes, obviamente -, eu sugiro uma boa pesquisada na internet, e talvez um pouco mais de sabedoria em não generalizar, pensando que todos os moleques ostentam franjas quilométricas e se borram de lápis no olho.

| O rock tem salvação: Black Tide |

Eles tem menos de 20 anos, americanos, tem uma banda de rock fuderosa e graças a Deus não tocam metalcore, deathcore, post-hardcore ou qualquer outro estilo contaminado pela cultura EMO. O Black Tide traz em seu som influências como hard rock e o heavy metal clássico, na contramão da famosa New Wave of American Heavy Metal, trazendo um pouco de fôlego a saturada cena americana. O som dos meninos é competente, pesado, bem cantado e sem muitas firulas. Assistam:



12 comentários:

  1. Caramba fiquei impressionado com o som. Mulekada ainda tem salvação... Cabeludos Heavy Sk8... Tem uma pitada de skate na cena, bermudões... kkk

    Mas muito bom o som!!!

    ResponderExcluir
  2. So faço uma ressalva ao meu amigo Basa. A cena EMO nao é uma cena.... Há 10 anos atras qualquer musica que tinha cunho emocional era chamada de emo... Bandas como Placebo, Radiohead eram chamado de emo.... Mas o EMO nao era um estilo de musica. Apos alguns idiotas começarem a misturar o Hardcore com pagode e sertanejo, surgiu essa merda de EMO estilo musical! O MetalCore e o DeathCore sao filhos do Hardcore com o Metal! MAS VEJA BEM ... Tem muito emo por aí querendo tocar metal! Cuidado com eles!

    ResponderExcluir
  3. Rodrigo (Sobreviventes) - Vai comprar um tênis colorido pra tira honda21 de janeiro de 2011 09:33

    Caríssimo Portoga... o emo nasceu na Europa. Naquela época o som era uma mistura de grindcore de macho com passagens arrastadas meio doom e letras falando de sentimentos e experiências pessoais. Pronto, chegou no Brasil e esculhambou. Virou essa merda. Tenho algumas bandas emo violent core muito foda, como o Redge Kedge da Singapura que faz chorar de emoção qualquer grind core maludo. Essas coisas de NX Zero e Restart, CPM 22, é tudo melódico, tem nada a ver com emo. Mas emo de cú é rola uhauahauhauah

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. Portoga, o Plabo Honey do Radiohead é de 1993, entretanto já na década de 80 bandas como Rites of Spring e Embrace eram rotuladas como "emo" pela mídia americana. Agora se surgiu na Europa, como o outro Rodrigo disse, aí já não sei. Pra mim surgiu nos E.U.A como um subgênero do hardcore.


    Mas uma coisa é certa: os muleques do Black Tide tocam muito, e graças a Deus não são emo ...

    ResponderExcluir
  6. Não eram emo, agora ta uma merda da porra, nem parecem ser a mesma banda. Dá uma olhada como mudaram da água pro vinho

    http://www.youtube.com/watch?v=hAKfTafI2ro

    ResponderExcluir
  7. infelizmente eles mudaram, certamente influenciados pela gravadora e a mídia. Tudo isso só pra vender mais discos.Mas ainda tenho fé no bom e velho Rock sem esse modismos

    ResponderExcluir
  8. Falando em Hardcore, dá saudades da época que exitiam bandas hardcore msm. Rodrigo, kd a Sobreviventes pra detonar HC trash punk na kbça da galera?
    rs

    ResponderExcluir
  9. GERALDÃO,BASS WARRIOR OF FATE22 de dezembro de 2011 11:27

    SOM DA MELHOR QUALIDADE! DA PRA DEIXAR QUALQUER UM DE BOCA ABERTA.RSRSRS...PARABENS A BANDA,SO GALERINHA NOVA,MAS QUE PUTA SOM...

    ResponderExcluir
  10. Black Tide tinha meu respeito, achava uma super banda com um potencial do caramba!O primeiro álbum deles "Light From Above" é muito bom. Mas eis que em 2011 a catástrofe acontece: eles lançam o álbum "Post Mortem" que é um lixo, que podemos usar aquela famosa expressão: "Eles se venderam!"

    ResponderExcluir
  11. estou sem palavras parabéns!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger | Personalização por Betim Rock